NOTÍCIAS

04 de Março de 2021

CocapecCaféMercado de CaféExportações

Estados Unidos se preocupa com custo para transportar grãos de café

Por Reuters, via Café Point: Postado em: 04/03/21 Os Estados Unidos, maior consumidor de grãos brasileiros, relata o aumento significativo nos custos de operação, principalmente relacionado ao transporte, e diz ainda que em breve os preços devem aumentar. Torrefadoras de médio e pequeno porte, principalmente de cafés especiais, foram os mais atingidos, segundo executivos, mas até mesmo empresas maiores, como a Peet's e a JM Smucker Co, dizem que estão enfrentando custos mais altos. Outros setores de negócios dos EUA também enfrentam inflação de

SAIBA MAIS


03 de Março de 2021

CocapecCaféMercado de CaféExportações

Secex: exportação total de café cresce 13,2% ante fevereiro de 2020

Por CNC: Postado em: 03/03/21 A exportação total de café pelo Brasil (não torrado, torrado, extratos, essências e concentrados de café) no mês de fevereiro alcançou 198,9 mil toneladas (3,315 milhões de sacas de 60 kg), o que corresponde a um aumento de 13,2% em comparação com igual mês de 2020, quando foram embarcadas 175,7 mil toneladas (2,928 milhões de sacas). Em termos de receita cambial, houve crescimento de 7,7% entre os dois períodos, de US$ 421,335 milhões para US$ 453,725 milhões. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pela S

SAIBA MAIS


24 de Fevereiro de 2021

CocapecCaféMercado de CaféExportações

Exportações de café brasileiro seguem em alta

Por Revista Globo Rural, via Café Point: Postado em: 24/02/21 O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) aponta que as exportações brasileiras de café se mantêm acima de 3 milhões de sacas de 60 kg há sete meses consecutivos, mesmo diante das incertezas geradas pela pandemia de Covid-19. Segundo o Cepea, o cenário é resultado do dólar alto, da safra volumosa no Brasil e do aumento da competitividade do café nacional no exterior. Dados do Conselho de Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) indicam que, na parcial da safra – de julho de

SAIBA MAIS


22 de Fevereiro de 2021

CocapecCaféMercado de CaféExportações

Conab: Estoques de café certificado em Nova Iorque estão em alta

Por Conab, via Notícias Agrícolas: Postado em: 22/02/21 MERCADO EXTERNO Os estoques de café certificado em Nova Iorque seguem em alta: na semana, eles cresceram 3,14%, enquanto no mês de fevereiro, a alta é de 6,16%. Esse fator contribuiu para que os preços apresentassem tendência de queda na semana. Os contratos futuros para março sofreram uma redução de 2,3% na semana, fechando a semana cotados a 121,15 cents/lbp; para maio/21, a queda foi de 2,5%, valendo 123,05 cents/lbp; por fim, os contratos com vencimento em julho de 2021 fecharam com queda de 2,4%, cotado a 125 cents

SAIBA MAIS


19 de Fevereiro de 2021

CocapecCaféMercado de CaféExportações

Cepea: exportações de café se mantêm acima de 3 milhões de sacas há sete meses

Por Cepea, via CNC: Postado em: 19/02/21 As exportações brasileiras de café seguem em volumes elevados na safra 2020/21. Mesmo diante das incertezas diante da pandemia, os embarques estão acima das três milhões de sacas de 60 kg há sete meses consecutivos. Esse cenário é resultado do dólar elevado, da safra volumosa no Brasil, do consumo resiliente pela bebida e do aumento da competitividade do café nacional frente a outras origens. Segundo dados do Cecafé (Conselho de Exportadores de Café do Brasil), na parcial da safra (de julho/20 a janeir

SAIBA MAIS


12 de Fevereiro de 2021

CocapecCaféMercado de CaféExportações

Exportações caem em janeiro, mas expectativa é de ano de embarques firmes

Por CCCV, via CNC: Postado em; 12/02/21 Em janeiro de 2021, os embarques de café conilon registraram a terceira melhor parcial mensal exportada desde 1999, com um total de 240 mil sacas. A receita com os embarques da variedade, em janeiro, somou 20 milhões de dólares, alta de 10% em relação à receita registrada no mesmo mês do ano passado. O preço médio de uma saca de café conilon exportada ficou em US$ 84,30, pouco acima do preço de janeiro de 2020. Os preços neste ano se sustentaram graças à alta do dólar e à postura retraída dos produtore

SAIBA MAIS


Notícias Relacionadas