NOTÍCIAS

03 de Dezembro de 2021

CocapecCaféMercado de CaféCotações

Café: Exportação global de café recua 4,4% em outubro e preocupação com oferta volta a dar novo suporte de alta

Por Notícias Agrícolas: Postado em: 03/12/21 O mercado futuro do café arábica encerrou as negociações desta quinta-feira (2) com valorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Os preços voltam a subir com suporte da redução global de café. As preocupações com a oferta brasileira na safra 22 continuam no radar do mercado e seguem dando suporte aos preços. Março/22 tinha alta de 335 pontos, valendo 236,60 cents/lbp, maio/22 teve alta de 325 pontos, negociado por 235,80 cents/lbp, julho/22 teve alta de 310 pontos, valendo 234,90

SAIBA MAIS


02 de Dezembro de 2021

CocapecCaféMercado de CaféCafé ArábicaCotações

Café: De olho na pandemia e também na safra do BR, bolsas de NY e Londres registram leves altas

Por Notícias Agrícolas: Postado em: 02/12/21 O mercado futuro do café arábica segue operando com valorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). As cotações seguem se recuperando das baixas registradas nos últimos dias, resposta à nova variante da Covid-19. No Brasil, analistas continuam apontando para cenário de preços firmes para café, sobretudo pela quebra na oferta do maior produtor e exportador de café do mundo. Por volta das 12h24 (horário de Brasília), março/22 tinha alta de 60 pontos, negociado por 232,95 cents/lbp, maio/22

SAIBA MAIS


02 de Dezembro de 2021

CocapecCaféMercado de CaféCotações

Café/Cepea: Preço do arábica avança 13% no mês

Por Cepea, via Notícias Agrícolas: Postado em: 02/12/21 As cotações do café arábica subiram em novembro, apesar das baixas observadas nos últimos dias do mês. No acumulado (de 29 de outubro a 30 de novembro), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, avançou 13,04%, fechando a R$ 1.420,09/saca de 60 kg – vale lembrar que, na quinta-feira, 25, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, fechou a R$ 1.466,92/saca de 60 kg, o maior patamar real desde 20 de dezembro de 1999 e novo recorde nominal da série histórica do C

SAIBA MAIS


01 de Dezembro de 2021

CocapecCaféMercado de CaféCotações

Após dia de bastante volatilidade e queda das commodities, café arábica encerra com ajustes técnicos

Por Notícias Agrícolas: Postado em: 01/12/21 Depois de um dia marcado por bastante volatilidade, o mercado futuro do café arábica encerrou o pregão desta terça-feira (30) com ajustes técnicos para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O mercado chegou a operar com valorização, depois recuou com novos temores à variante ômicron e também com as novas projeções do Rabobank, mas encerrou com ajustes. Março/22 teve queda de 70 pontos, valendo 232,30 cents/lbp, maio/22 registrou queda de 65 pontos, valendo 231,65 cents/lbp, julho/22 teve queda de

SAIBA MAIS


29 de Novembro de 2021

CocapecCaféMercado de CaféCotações

Com chuvas, Covid-19 e dólar, café arábica volta a cair na Bolsa de Nova York nesta 2ª feira

Por Notícias Agrícolas: Postado em: 29/11/21 Após abrir a semana com valorização, o mercado futuro do café arábica voltou a operar com desvalorização para os principais contratos no pregão desta segunda-feira (29) na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Por volta das 12h16 (horário de Brasília), março/22 tinha queda de 575 pontos, valendo 237,20 cents/lbp, maio/22 tinha baixa de 570 pontos, negociado por 236,50 cents/lbp, julho/22 tinha queda de 530 pontos, valendo 236,05 cents/lbp e setembro/22 tinha baixa de 520 pontos, valendo 235,30 cents/lbp. Na Bolsa de Londres,

SAIBA MAIS


26 de Novembro de 2021

CocapecCaféMercado de CaféCotações

Café: Arábica retoma negócios com baixas após semana marcada por valorização

Por Notícias Agrícolas: Postado em: 26/11/21 A retomada dos negócios na Bolsa de Nova York (ICE Future US) está sendo com baixas para o mercado futuro do café arábica. No início da manhã, os contratos recuavam mais de 1% no exterior após uma semana com preços impulsionados pela redução de oferta global do grão. Em relação à safra brasileira, produtores e especialistas seguem apontando para cenário de alta para os preços já que a florada não vingou nas principais áreas de arábica do Brasil. A torcida agora é para que para as chuvas continuem regulares para n

SAIBA MAIS


Notícias Relacionadas