NOTÍCIAS

Após semana de bastante volatilidade, café tem recuperação e encerra acima dos 220 cents/lbp

Por Notícias Agrícolas:

Postado em: 02/05/22

Depois de uma semana com bastante volatilidade, o mercado futuro do café arábica encerrou as negociações desta sexta-feira (29) com valorização de 2,07% na Bolsa de Nova York (ICE Future US).

Julho/22 teve alta de 450 pontos, negociado por 222,10 cents/lbp, setembro/22 teve valorização de 450 pontos, cotado por 221,90 cents/lbp, dezembro/22 teve alta de 460 pontos, negociado por 221,30 cents/lbp e março/23 teve valorização de 470 pontos, valendo 220,30 cents/lbp.

Haroldo Bonfá destaca que a valorização do real ante ao dólar tem dado suporte nos preços, mas que não descarta novos dias de bastante de volatilidade diante dos fatores externos como câmbio e guerra na Ucrânia.

A análise do site internacional Barchart acrescenta ainda que além disso, as preocupações com a inflação global provocaram a compra de fundos de commodities como um hedge de inflação depois que os dados de sexta-feira mostraram que o índice de custo de emprego do primeiro trimestre dos EUA subiu mais do que o esperado em um ritmo recorde e o IPC do núcleo de abril da zona do euro subiu mais do que o esperado em um ritmo recorde.

As condições climáticas no Brasil também voltou a dar suporte aos preços. A preocupação com o período de estiagem, apesar de ser positivo para a colheita, assusta operadores no exterior depois do impacto da falta na produção brasileira dos últimos anos.

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também avançou nesta sexta. Julho/22 teve alta de US$ 18 por tonelada, negociado por US$ 2107, setembro/22 teve valorização de US$ 15 por tonelada, negociado por US$ 2109, novembro/22 registrou alta de US$ 13 por tonelada, valendo US$ 2108 e janeiro/23 teve alta de US$ 14 por tonelada, negociado por US$ 2108.

No Brasil, o mercado físico acompanhou e encerrou com valorização nas principais praças de comercialização do país.

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 1,56% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.300,00, Poços de Caldas/MG teve alta de 0,80%, valendo R$ 1.260,00, Araguarí/MG teve alta de 1,59%, cotado por R$ 1.280,00, Varginha/MG registrou alta de 1,56%, valendo R$ 1.300,00 e Franca/SP teve alta de 1,56%, cotado por R$ 1.300,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 1,50% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.350,00,  Poços de Caldas/MG teve valorização de 0,74%, cotado por R$ 1.370,00, Varginha/MG teve alta de 1,49%, valendo R$ 1.360,00 e Campos Gerais/MG teve alta de 1,49%, negociado por R$ 1.365,00.

Notícias Relacionadas