NOTÍCIAS

Café: arábica encerra dia em NY com leves quedas nos principais vencimentos

por Notícias Agrícolas:

O café arábica encerrou a quarta-feira (30) na Bolsa de Nova York (ICE Futures Group) com leves quedas nos principais vencimentos.

O vencimento setembro/17 apresentou queda de 35 pontos, a 126,95 cents/lb. Para dezembro/17, queda de 45 pontos, a 128,20 cents/lb. Março/18 teve queda de 40 pontos, a 131,70 cents/lb, enquanto maio/18 encerrou com queda também de 40 pontos, a 134,00 cents/lb.

De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq/USP, o cafeicultor brasileiro teve seu poder de compra diminuído na parcial de agosto frente à ureia. Os dados mostram que o produtor precisa de 6% a mais de grãos do tipo 6, bebida dura para melhor, para adquirir uma tonelada do adubo.

Alexandre Mendonça, sócio-diretor da MB Agro, projetou que a próxima safra de café arábica pode atingir um recorde de 60 milhões de sacas de 60kg no Brasil, como destacou a Reuters.

Agora, no mês de setembro, as floradas começam a ocorrer, iniciando uma definição para a próxima safra.

O dólar teve mais um dia de estabilidade frente ao real. O recuo foi de R$0,10, encerrando o dia a R$3,1600 na venda. A máxima do dia esteve em R$3,1769.

Mercado interno

O café tipo 4/5 apresentou queda de -1,88% em Varginha (MG), a R$460,00 e em Poços de Caldas (MG), de -0,66%, a R$449,00. Para Franca (SP), a cotação permaneceu estável, a R$475,00.

No café tipo cereja descascado, queda de -1,02% em Guaxupé (MG), a R$485,00 e de -0,65% em Poços de Caldas (MG), a R$460,00. As demais praças permaneceram estáveis.

Para o café tipo 6, alta de +1,10% em Vitória (ES), a R$460,00. Queda de -2,15% em Espírito Santo do Pinhal (SP), a R$455,00 e de -1,14% em Guaxupé (MG), a R$435,00. A cotação mais alta é registrada em Araguari (MG), a R$470,00.

Notícias Relacionadas