NOTÍCIAS

Café tem mais uma semana de intensa volatilidade e encerra com desvalorização em Nova York

Por Notícias Agrícolas:

Postado em: 21/11/22

O mercado futuro do café arábica encerrou as negociações desta sexta-feira (18) com desvalorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O mercado chegou a operar com valorização e depois com ajustes técnicos, mas teve mais um dia de baixas.

Março/23 teve queda de 125 pontos, negociado por 155,10 cents/lbp, maio/23 teve queda de 130 pontos, valendo 155,70 cents/lbp, julho/23 teve queda de 115 pontos, cotado por 156,20 cents/lbp e setembro/23 teve baixa de 105 pontos, cotado por 156,30 cents/lbp.

Em Londres, o café tipo conilon encerrou com ajustes técnicos. Janeiro/23 teve baixa de US$ 7 por tonelada, negociado por US$ 1811, março/23 teve desvalorização de US$ 7 por tonelada, cotado por 1787, maio/23 teve queda de US$ 6 por tonelada, valendo US$ 1779 e julho/23 teve queda de US$ 6 por tonelada, negociado por US$ 1774.

De acordo com o site internacional Barchart, os preços do café continuam sofrendo pressão de queda devido às preocupações com a demanda global devido aos dados econômicos mais fracos dos EUA e ao aumento das taxas de Covid na China. “Além disso, a Green Coffee Association informou na terça-feira que os estoques de café verde dos EUA em outubro subiram +5,8% para 6.320.157 milhões de sacas”, acrescenta a publicação.

No Brasil, o setor acompanha as dificuldades climáticas no campo, mas o mercado no exterior ainda tem a percepção de uma safra cheia em 2023.

No Brasil, o mercado físico acompanhou e encerrou com desvalorização nas principais praças de comercialização do país.

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 1,06% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 930,00, Poços de Caldas/MG teve queda de 1,02%, valendo R$ 970,00, Patrocínio/MG teve queda de 1,06%, valendo R$ 930,00, Araguarí/MG teve baixa de 2,06%, valendo R$ 950,00, Campos Gerais/MG teve queda de 1,07%, valendo R$ 925,00.

O tipo cereja descascado teve queda de 0,99% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.004,00, Poços de Caldas/MG teve queda de 0,93%, valendo R$ 1.070,00, Patrocínio/MG teve baixa de 1,01%, valendo R$ 980,00 e Campos Gerais/MG teve queda de 1,01%, valendo R$ 985,00.

 

Notícias Relacionadas