NOTÍCIAS

Demanda volta pesar em dia de ajustes para os preços e arábica recua em NY

Por Notícias Agrícolas: 
Postado em: 05/04/23

O mercado futuro do café arábica encerrou as negociações desta terça-feira (4) com desvalorização para os preços na Bolsa de Nova York (ICE Future US).

Maio/23 teve queda de 140 pontos, negociado por 174,85 cents/lbp, julho/23 teve queda de 130 pontos, cotado por 173,95 cents/lbp, setembro/23 teve baixa de 140 pontos, negociado por 172,65 cents/lbp e dezembro/23 registrou queda de 150 pontos, valendo 171,30 cents/lbp.

Além dos ajustes nos preços, o café arábica também foi pressionado pelos dados americanos. “O café arábica recuou com as preocupações de uma desaceleração na economia dos EUA que poderia prejudicar a demanda por café depois que o relatório de terça-feira mostrou que as vagas de emprego JOLTS de fevereiro caíram para o nível mais baixo em 4 anos”, destacou a análise do site internacional Barchart.

Traders continuam monitorando as condições do tempo no Brasil, ainda favoráveis para a safra que se aproxima, mas que também pressionam as cotações. Além disso, a baixa nos estoques certificados limita quedas mais significativas nos preços.

No caminho inverso, diante das preocupações com a oferta global de conilon, a Bolsa de Londres teve um dia de valorização.

Maio/23 teve alta de US$ 25 por toneladas, negociado por US$ 2254, julho/23 teve alta de US$ 24 por tonelada, negociado por US$ 2219, setembro/23 teve alta de US$ 25 por tonelada, cotado por US$ 2183 e novembro/23 teve alta de US$ 25 por tonelada, negociado por US$ 2147.

No Brasil, o dia foi marcado por estabilidade nos preços nas principais praças de comercialização do país.

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 0,93% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.060,00, Poços de Caldas/MG teve baixa de  0,47%, valendo R$ 1.065,00, Machado/MG teve alta de 0,94%, negociado por R$ 1.075,00 e Campos Gerais/MG teve queda de 0,45%, cotado por R$ 1.097,00.

O tipo cereja descascado teve queda de 0,87% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.135,00, Poços de Caldas/MG teve baixa de 0,43%, valendo R$ 1.165,00 e Campos Gerais/MG teve desvalorização de 0,43%, negociado por R$ 1.157,00.

Notícias Relacionadas