NOTÍCIAS

Desoneração do diesel ameniza pressão de alta no custo agrícola

por Estadão Conteúdo:

Informação é da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)

A Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) disse nesta segunda-feira (20/7), por meio de em nota, que a aprovação, pelo Congresso Nacional, da Medida Provisória nº 670, que prevê a desoneração das contribuições para o PIS/Cofins no óleo diesel, tem potencial para reduzir a pressão de alto nos custos agrícolas.

“Em média o óleo diesel utilizado nas lavouras, bem como o frete, são responsáveis por 9% do custo de produção da soja. A possível desoneração tributária poderá reduzir tanto o custo do insumo como do serviço em aproximadamente 1%”, disse a entidade na nota.

De acordo com estimativas da CNA, o maior custo de produção da soja em junho em relação ao mesmo período do ano passado foi puxado pelo diesel, que subiu 14,2%, os fertilizantes (+26%) os herbicidas (+23%), inseticidas (+44%), fungicidas (+52%) e mão-de-obra (9%). A MP será apreciada pela presidente Dilma Rousseff, que decidirá pela sanção ou veto da medida.

Notícias Relacionadas