NOTÍCIAS

Diretoria Executiva da Embrapa nomeia Chefe-Geral da Embrapa Café

Por Embrapa Café, via CNC:

Postado em: 03/05/21

O Conselho Nacional do Café (CNC) parabeniza a Diretoria Executiva da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) pela escolha do pesquisador Antônio Fernando Guerra para assumir a Chefia-Geral da Embrapa Café. Essa gestão do novo titular da Embrapa Café terá início no próximo dia 1° de maio e se estenderá por dois anos. Para o Presidente do CNC, Silas Brasileiro, a escolha do novo Chefe-Geral da Embrapa Café irá contribuir de forma assertiva nas estratégias e ações para o desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva do café.

Antônio F. Guerra já vinha ocupando a Chefia-Geral dessa Unidade de Pesquisa, como interino, desde o ano de 2018, e, anteriormente, ele também ocupou o cargo de Chefe-Adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento por seis anos. Engenheiro Agrícola formado pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), Antônio fez o mestrado, também pela UFV, com foco principal em irrigação e drenagem. Seu Doutorado foi cursado na Universidade do Arizona (UA) – Tucson, Estados Unidos, em análises de fluxos de momento, calor e água na atmosfera. Na pesquisa de café, a sua experiência profissional, nas últimas duas décadas, concentrou-se na área de irrigação, especialmente no desenvolvimento da tecnologia de irrigação com o uso do estresse hídrico controlado para uniformização de florada e maturação do cafeeiro, além do desenvolvimento das primeiras cultivares de café Conilon clonal, denominadas BRS Primalta, propícias a serem cultivadas em elevadas altitudes do Cerrado do Brasil Central.

A Embrapa Café foi criada em 1999 para coordenar o Consórcio Pesquisa Café, com o objetivo principal de formular, propor, coordenar e orientar estratégias e ações de geração e transferência de tecnologia de café, bem como, promover e apoiar atividades de pesquisa e desenvolvimento e inovação, a serem executadas por Unidades Descentralizadas da Embrapa, organizações integrantes do Consórcio Pesquisa Café e, ainda, contribuir para o desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva do café. A Embrapa Café, em consonância com o Decreto 10.071/2019 e Portarias Mapa 345/2020 e 346/2020, participa do Conselho Deliberativo da Política do Café – CDPC na formulação de políticas públicas para o setor como convidada, em caráter permanente.

Antônio F. Guerra, nesta nova fase da sua gestão à frente da Embrapa Café, pretende fortalecer a articulação da Unidade com instituições consorciadas, a fim de atender às necessidades de conhecimento, tecnologias e inovação do setor produtivo e demais elos da cadeia café. Além disso, desenvolver pesquisas orientadas para qualidade com agregação de valor; mitigar os impactos previstos nos cenários de mudanças climáticas; incorporação de características de interesse agronômico impactantes na redução de custos de produção, melhoria da qualidade e produtividade do café. E, ainda, fazer uso de plataformas de tecnologias da informação e comunicação, para otimizar o desenvolvimento, transferência e adoção de soluções tecnológicas inovadoras.

 

Notícias Relacionadas