NOTÍCIAS

Editorial Revista Cocapec: Dever cumprido com os cooperados

por Revista Cocapec:

Há 4 anos começávamos uma nova gestão após uma AGO histórica, que contou com a participação de aproximadamente 1.000 cooperados votantes, em que fomos escolhidos para dirigir a Cocapec neste ciclo. A administração que iniciava já carregava um grande desafio, a adversidade climática, ou a grande seca, no início daquele ano, e que pegou todos os produtores de surpresa. O reflexo desse fenômeno na produção de café ainda era uma incógnita, que depois se confirmou como uma quebra na quantidade e qualidade de café em 2014 e 2015. Como se não bastasse, a estiagem se repetiu no mesmo ano, o que agravou bastante os problemas naquele período.

O pleito eleitoral foi bastante atípico para a cooperativa, já que duas chapas disputavam a sua administração após anos. Durante a campanha, percorremos toda a área de atuação da Cocapec, falamos com os cooperados, que manifestaram suas insatisfações e necessidades. De posse dessas informações, reconhecemos que havia falhas e que era preciso nos organizar para conseguir cumprir a nossa promessa, que era focar no atendimento aos nossos cooperados.

Dessa forma, iniciamos com uma reformulação em setores estratégicos, como o financeiro e o departamento de café, este último era o que vinha recebendo as maiores críticas por parte dos cooperados. As mudanças foram de ordem funcional, com a substituição e remanejamento de colaboradores, e também estruturais, para dinamizar os processos. Além disso, a vinda de profissionais trouxe um novo fôlego e hoje a história mudou. Na pesquisa que aplicamos recentemente ficou bastante evidente que o setor, o qual antes era motivo de insatisfação, passou a ter melhores índices de aprovação. O que significa que conseguimos atender as necessidades e os anseios dos nossos cooperados, pelo retorno que temos é perceptível a satisfação com a gestão.

Não podemos esquecer dos fatores que influenciaram nestes 4 anos como a crise política, que resultou entre outas coisas no impeachment da presidente, e da crise econômica, que só agora dá pequenos sinais de recuperação. Claro que tudo isso refletiu na vida dos cooperados e consequentemente na cooperativa, pois aqui é a extensão de sua propriedade. Em todo caso, podemos dizer que passamos sem grandes estragos por esse período, e continuamos em frente, mantendo os investimentos e planos, o que nos concede um nome forte junto às empresas fornecedoras, e também, ao mercado financeiro e de café, permitindo liquidez no nosso negócio.

Como sabemos, nenhum investimento dá retorno de imediato, mas todas as decisões tomadas se comprovaram necessárias com o passar do tempo, e foram feitas com a maior transparência possível, acompanhadas de perto pelos cooperados, representados pelos Conselhos Administrativo e Fiscal. Destacamos aqui as ampliações dos núcleos de Capetinga e Ibiraci e a construção do complexo de armazenagem em Cristais Paulista. Tudo isso, nos concedeu autonomia no armazenamento de café, e conseguimos armazenar por um tempo a produção.

Claro que hoje o cenário já mudou um pouco, tivemos duas safras recordes, e consequentemente também de recebimento.  Os investimentos realizados pelos cooperados, promoveram um crescimento na atividade cafeeira, através do aumento na produtividade média e na área plantada. Além disso, a cooperativa cresceu, nosso quadro social subiu 22% em relação a 2014 e ampliamos também a nossa área de atuação. Sinalizando que temos mais café, e consequentemente maior demanda por instalações, por isso, já estão em andamento a construção dos novos armazéns em Ibiraci e Cristais Paulista, que entram em operação na safra deste ano.

Outro anseio dos cooperados era em relação ao acesso ao mercado de cafés especiais,  com a estrutura que tínhamos era complexo ingressar neste segmento, pois o volume de café recebido era muito grande e tínhamos que resolver o armazenamento e não era possível focar com efetividade. Depois de toda a reformulação no Departamento de Café, finalmente nos estruturamos e hoje já é possível trabalhar neste segmento. E o mais importante, de maneira sólida, bem preparada e com resultados concretos. O melhor laboratório de cafés especiais da Alta Mogiana vem aí, e dessa forma poderemos valorizar ainda mais os nossos grãos e o trabalho exercido no campo.

A Cocapec, buscando defender e proteger os interesses dos associados, firmou novas parcerias com importantes entidades e deu continuidade em outras já estabelecidas, tais como o Cecafé, ABAG Ribeirão Preto, OCB e Ocesp. Além disso, possui parcerias voltadas às questões técnicas com a Fundação Procafé e o Instituto Agronômico de Campinas (IAC), e na esfera política relacionada ao café, a cooperativa está representada por Maurício Miarelli, atual coordenador do Conselho Nacional do Café (CNC).

Ao longo destes 4 anos tivemos muitas realizações, e algumas concretizações da gestão passada. Não poderíamos deixar de citar, uma importante conquista, a homologação do crédito presumido de ICMS Mineiro da comercialização do café, em que o cooperado confiou na cooperativa para reaver esse ativo, e teve a concretização dos valores convertidos em caminhões, o que nos deixa bastante orgulhosos. Além disso, tivemos a honra de comemorar os 30 anos de fundação da Cocapec, certamente um dos momentos mais emocionantes, e que ficará marcado para sempre em nossas vidas.

Assim, completamos 4 anos de muito trabalho e dedicação aos cooperados e à cafeicultura. Hoje temos o sentimento de dever cumprido, mas não fizemos isso sozinhos, graças aos nossos cooperados e Conselheiros Administrativos/Fiscais que nos guiaram, através de suas críticas e sugestões, fomos solucionando todas as questões, sempre com planejamento, responsabilidade e transparência. Hoje, com absoluta certeza, a Cocapec está ainda mais forte que antes. Em breve, exerceremos mais uma vez o nosso dever cooperativista, quando participaremos de mais uma AGO e, por isso, desejamos que todos tenham sabedoria e responsabilidade nas escolhas, pois o futuro da nossa cooperativa depende desta decisão.DSC_0282 (Copy)

Diretoria Executiva / Gestão 2014/2018

Veja esta e outras notícias na edição 108 da Revista Cocapec:

capa108site

 

Notícias Relacionadas