NOTÍCIAS

Exportações de café de Honduras caem 15,5% em dezembro

POR EQUIPE CAFÉPOINT:

As exportações de café hondurenho caíram 15,5% no comparativo anual em dezembro, devido a um atraso no corte de grãos nas fazendas com relação ao mesmo mês da safra anterior, afirmou um executivo do setor na última segunda-feira.

As vendas ao exterior de Honduras, maior exportador de café da América Central, somaram 356.597,52 sacas de 60 quilos, contra 422.141,07 em dezembro do ciclo 2017-2018, segundo dados preliminares do Instituto Hondurenho do Café (IHCAFE).

“O corte da colheita foi adiado em dezembro devido a atrasos no amadurecimento em áreas altas e, em certa medida, também houve problemas com a disponibilidade de mão-de-obra, mas acreditamos que isso foi superado”, contou o diretor executivo da Associação dos Exportadores de Café de Honduras (ADECAFEH), Miguel Pon.

Para a safra de 2018-2019, as autoridades preveem um aumento de 13% nas exportações, para 8.150.941,61 sacas de 60 quilos, em comparação com os 7.214.780,01 do ciclo anterior, segundo o IHCAFE, impulsionado pela maior produtividade das fazendas e entrada em produção de novas culturas.

Nos primeiros três meses da safra 2018-2019, as exportações acumuladas registraram uma queda de 10,6%, para 571.547,15 sacas, em comparação com 639.621,31 no mesmo período do ano passado, segundo dados do IHCAFE.

Honduras, como seus vizinhos centro-americanos e o México, está se recuperando de um ataque a suas fazendas do fungo da ferrugem, que atingiu a região há quatro anos. A colheita vai de outubro a setembro no país. As informações são da Reuters.

“As informações são da Agência Reuters/ Tradução Juliana Santin”

Notícias Relacionadas