NOTÍCIAS

Fundações belgas doam 100 milhões de pesos para famílias cafeeiras da Colômbia

POR EQUIPE CAFÉPOINT:

As fundações belgas Efico e Collibri doaram 100 milhões de pesos (US$ 26147,65) à Federação Nacional dos Cafeicultores (FNC) para apoiar as famílias que sobrevivem do café em questões como segurança alimentar, equipamentos de proteção, conectividade e acompanhamento em relação à covid-19.

Essa é a primeira doação que a FNC recebe de aliados internacionais e beneficiará cerca de 150 famílias produtoras nos vários municípios de Santander – localizado na parte nordeste da Colômbia, na região Andina – em que ambas as fundações trabalham em conjunto com a Federação em projetos de educação, empreendedorismo, sustentabilidade, infraestrutura, entre outros.

Tanto como comprador colombiano de café quanto por meio de sua fundação, a Efico, juntamente com seu aliado Collibri, está presente no departamento de Santander há mais de 15 anos.

Devido à eficiência e transparência na execução de projetos de cooperação que beneficiam a população cafeeira, a FNC tornou-se um aliado estratégico de atores e cooperadores da ordem nacional e internacional. Essa doação é dada em boa medida também graças à boa gestão que a FNC fez dos projetos de cooperação com Efico e Collibri, em uma relação de confiança fluida e natural que se consolida.

“A FNC não pode ser mais do que grata por essa doação generosa, em um momento conjuntural em que as famílias cafeeiras exigem não apenas o apoio de suas instituições, mas também aliados comprometidos como Efico e Collibri”, afirmou o gerente geral da FNC, Roberto Vélez Vallejo.

Além de ser um fiel comprador do café colombiano, o Efico, em sinergia com a Collibri, é um importante cooperador internacional da FNC cujos recursos permitiram financiar e executar projetos em benefício dos jovens de Santander nas áreas de educação, tecnologia da informação, conexão geracional, segurança alimentar, melhoria de escolas e restaurantes escolares, desenvolvimento sustentável e empreendedorismo cafeeiro.

As informações são da FNC / Tradução Juliana Santin

Notícias Relacionadas