NOTÍCIAS

México pode ter que importar café

por Café Point:

De produtor de café, o México pode se converter em importador para abastecer o consumo interno, após a devastação causada pelo fungo da ferrugem.

O consumo nacional de café oscila em um milhão e meio de sacas de 60 quilos, disse o dirigente do Barzõn Cafetalero, Rómulo Melchor Varrejo. Ele vê com desânimo a situação dos cafeicultores, os quais simplesmente este ano não terão colheita.

Por mais tentativas realizadas para erradicar o fungo, essa doença, das mais importantes nos cafezais, está há vários anos sem ser controlada.

A infecção por esse fungo leva à queda prematura das folhas e se também há ataques de insetos, fertilização ruim e condições de crescimento deficiente. Os cafezais ficam em estresse contínuo e desequilíbrio, o que afeta negativamente a produção.

A região tem tentado reagir a essa difícil situação pela qual atravessa o cultivo, mas inclusive plantas doadas já estão com o fungo e chegam às mãos dos produtores maltratadas, porque pouco se tem podido fazer para plantá-las e renovar as fazendas.

É assim que os produtores de café da serra enfrentam um dos ciclos mais difíceis, pois ao depender do grão para subsistir, também está em jogo a alimentação de suas famílias. “Produtor e exportador, vamos nos converter em importador de café, somente para abastecer o consumo interno”. Esse ano e no ano que vem, os grãos não devem estar prontos para ser colhidos.

As informações são do OEM-Informex / Tradução por Juliana Santin

Notícias Relacionadas