NOTÍCIAS

Países produtores de café consomem 30,5% e importadores 69,5% da produção mundial

por Embrapa:

Consumo mundial atinge 164,82 milhões de sacas, sendo 114,51 milhões por países importadores e 50,31 milhões por exportadores no ano cafeeiro 2018-2019

A produção mundial de café no ano cafeeiro 2018-2019 atingiu 168,72 milhões de sacas de 60kg, dos quais 102,68 milhões de sacas são de café arábica, que equivalem a aproximadamente 60%, e 66,04 milhões de café robusta, volume que corresponde a 40% da produção global. Se for estabelecida uma comparação com o ano cafeeiro anterior, cuja safra foi de 162,85 milhões de sacas de café, sendo 100,88 de café arábica e 61,90 de café robusta, verifica-se que esses volumes representam incrementos, respectivamente, de 3,7% da produção total, 1,8% do volume de café arábica e 6,7% do volume de café robusta.

Para o Organização Internacional do Café – OIC, o consumo global de café terá um aumento de 2,1% neste ano cafeeiro de 2018-2019, pois deverá alcançar o volume físico equivalente a 164,82 milhões de sacas de 60kg. Estratificando esse volume global de consumo, a OIC destaca que nos países importadores o consumo aumentou 2,4%, ao atingir 114,51 milhões de sacas, o que corresponde a 69,5% do consumo do planeta. E, em relação aos países exportadores (produtores de café), o consumo aumentou 1,3%, passando para 50,31 milhões de sacas, volume que representa 30,5% do consumo mundial.

Os dados e números estatísticos da cafeicultura mundial e brasileira que permitiram realizar essas análises foram extraídos do Relatório sobre o mercado de Café setembro 2019, da Organização Internacional do Café – OIC. Esse Relatório está disponíveis, na íntegra, no Observatório do Café do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café.

Leia esta ANÁLISE/divulgação na íntegra na página da Embrapa Café,  do Observatório do Café e do Consórcio Pesquisa Café.

Notícias Relacionadas