NOTÍCIAS

Procafé: Mancha aureolada em cafeeiros ataca mais plantas deficientes

 por Procafé:

Observações em campo, feitas nos dois  últimos anos, mostram que plantas fracas, com deficiências nutricionais, sempre são mais atacadas pela doença mancha aureolada.

A Mancha aureolada é uma doença causada pelo ataque da bactéria Pseudomonas seryngae pv garcae, que causa sintomas sobre as folhas, rosetas, frutos novos, ramos laterais e, ainda, ramos do ponteiro das plantas, atacando tanto mudas no viveiro, como plantas novas no campo e, também, cafeeiros adultos.

Nas folhas, a bactéria causa manchas de coloração pardo-escura, de 5 a 20 mm de diâmetro, com necrose no centro. Pela ação do vento, muitas lesões ficam furadas. Em volta das manchas forma-se um halo amarelado, podendo-se observar um fio translúcido em volta das lesões, ao olhar-se as folhas mais novas contra a luz, sendo essa a principal característica que distingue a doença de outras que causam lesões parecidas. Nos ramos as lesões são escuras, se diferenciando do ataque de Phoma  por atingirem  partes lenhosas dos ramos e, a partir do estrangulamento,  ocorre a seca  de grande extensão do ramo atacado, até quase todo ele . Em certas condições, talvez pela variedade, talvez pelo clima, ou outra razão, pode ocorrer ataque em plantas só em folhas ou só em ramos, neste caso mesmo sem a presença de sintomas foliares.

A doença tem sido associada a condições de clima mais frio e úmido e a locais onde bate muito vento. Também se diz que o excesso de adubação nitrogenada favorece a doença, talvez por tornar o tecido mais tenro.

No aspecto nutricional tem sido observado, agora, que em uma mesma plantação e em área de exposição semelhante, plantas individuais e/ou reboleiras de plantas, que apresentam fraqueza, com deficiência nutricional, com sintomas de carência de fósforo, real ou induzida por sistema radicular deficiente, são mais atacadas pela mancha aureolada.

Na literatura existem citações de influencia do fósforo na redução de doenças fungicas, pela sua ação como elemento que acelera a maturação dos tecidos e que, ainda, reduz a exudação de aminoácidos. No cafeeiro, pesquisa mostra que o fósforo reduz incidência de cercosporiose.

A constatação de que a nutrição dos cafeeiros pode influenciar, significativamente, no ataque de Pseudomonas  enseja nova visão do controle da doença, agora combinando a correção das deficiências com as aplicações foliares de bactericidas.

procafé procafé 2

Notícias Relacionadas