NOTÍCIAS

Sem novidades e com chuvas no Brasil, café tem início de semana apenas com ajustes técnicos

Publicado em Notícias Agrícolas
Postado em 27/02/24

Depois de iniciar o dia tentando avançar com leves altas para os preços no pregão desta segunda-feira (26) na Bolsa de Nova York (ICE Future US), o mercado futuro do café arábica encerrou o dia com baixas técnicas para os principais contratos.

Maio/24 teve queda de 70 pontos, negociado por 179,60 cents/lbp, julho/24 teve desvalorização de 25 pontos, valendo 178,80 cents/lbp, setembro/24 registrou queda de 25 pontos, cotado por 178,80 cents/lbp e dezembro/24 teve baixa de 25 pontos, valendo 179,10 cents/lbp.

O mercado do café continua monitorando os estoques baixos, a baixa oferta do Vietnã e as condições climáticas nas principais origens produtoras do mundo. Neste pregão, a previsão de chuvas em áreas do Brasil limitaram os ganhos para o arábica.

“O abrandamento das condições de seca no Brasil é pessimista para os preços do café. Hoje, a Somar Meteorologia informou que a região mineira do Brasil recebeu 59,5 mm de chuva na última semana, ou 131% da média histórica”, destacou a análise do site internacional Barchart.

De acordo com análise do Escritório Carvalhaes, os fundamentos continuam os mesmos. “Essa conjuntura internacional conturbada, cheia de incertezas, gera muita instabilidade e o forte sobe e desce diário nas cotações do café”, afirma.

Na Bolsa de Londres, o tipo conilon encerrou com estabilidade, apesar da preocupação com a oferta global. Maio/24 teve queda de US$ 10 por tonelada, negociado por US$ 3020, julho/24 teve baixa de US$ 7 por tonelada, valendo US$ 2964, setembro/24 teve queda de US$ 11 por tonelada, negociado por US$ 2912 e novembro/24 tinha baixa de US$ 13 por tonelada, valendo US$ 2864.

No Brasil, o dia foi marcado por estabilidade nas principais praças de comercialização do país.

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 1,01% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 999,00, Machado/MG teve alta de 1,51%, cotado por R$ 1.010,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 0,96% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.052,00. As demais praças operaram com estabilidade neste início de semana.

Notícias Relacionadas