NOTÍCIAS

Tendência baixista no mercado de café se prolonga

por OIC:

Desde agosto de 2017 o preço indicativo composto da OIC caiu todos os meses, exceto em janeiro de 2018. Em março de 2018 ele caiu 1,1%, registrando uma média mensal de 112,99 centavos de dólar dos EUA por libra-peso, a mais baixa desde fevereiro de 2016. Em março os preços indicativos de todos os grupos de café também caíram em relação a fevereiro, mas a maior queda, para 139,45 centavos (-1,4%), foi a dos Suaves Colombianos. Com isso a média do diferencial de preços entre eles e os Outros Suaves se reduziu a 4,42 centavos, 15,3% abaixo do mês passado. A produção global em 2017/18 é estimada em 159,66 milhões de sacas, 1,2% a mais que em 2016/17, devido a um superávit calculado em 0,78 milhão de sacas. Estima-se que houve uma queda de 4,6%, para 97,43 milhões de sacas, na produção dos Arábicas; e um aumento de 12,1%, para 62,24 milhões, na dos Robustas. O superávit de produção é refletido nos maiores embarques de café de todos os grupos, exceto dos Suaves Colombianos, durante os cinco primeiros meses do ano cafeeiro de 2017/18.

Notícias Relacionadas